Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

25.05.09

1º Passeio de BTT PSP/CRA Segurança Solidária


Rui Pereira

Este domingo realizou-se o primeiro passeio de BTT, iniciativa da Policia de Segurança Pública – Comando Regional dos Açores.
A capacidade organizativa e a solidariedade estiveram de mãos dadas neste evento, onde o valor das inscrições revertera na sua totalidade para a Instituição Particular de Solidariedade Social - Aurora Social.
As minhas palavras, relativamente a este passeio, que tive o prazer de integrar, só poderiam ser elogiosas e de reconhecimento, pelo excelente evento que montaram, onde o convívio e o gosto de andar de bicicleta estiveram em destaque.
As surpresas começaram logo à chegada nas Portas do Mar, onde os participantes recebiam um completo “kit de participação” composto por uma t-shirt alusiva ao passeio, uma revista Bike Magazine, uma medalha da PSP de Ponta Delgada, uma bebida energética, uma amostra de um creme de pés para desportistas e uma pulseira que mais tarde daria acesso ao lanche, a realizar no Miradouro da Relva.
Devidamente escoltados pelos agentes da autoridade que simpaticamente nos acompanharam nas viaturas oficiais e inclusive, muitos, montados nas suas bikes, seguimos em direcção a São Roque pela marginal, atravessamos pelo túnel da via rápida para a Estrada da Rib. Grande e aí entramos no primeiro troço de terra que nos levaria até São Gonçalo. Seguimos bastante nos trilhos de terra paralelos à 2ª Circular, primeiro até ao Caminho da Levada, cruzamos os Bairros Novos até ao Paim e depois até ao Ramalho, onde pela estrada regional, a freguesia da Relva era o nosso destino.
Hora do abastecimento, onde fomos novamente surpreendidos com um robusto lanche, composto por uma sandes mista, sumo, água, barra de cereais e 2 cubos de marmelada, para além de muito ananás à disposição dos participantes!
A boa vontade e simpatia era notória por toda a equipa que compunha e ajudava a organização. Notória foi também a presença dos media e de diversas pessoas que ao longo de todo o percurso, registavam o momento com as suas máquinas fotográficas.
Depois do lanche, seguimos pela estrada um pouco mais acima, onde iríamos fazer o regresso pelo trilho de acesso à Rocha da Relva, com umas descidas rápidas, bem ao jeito do BTT, motivo de entusiasmo para uns e apreensão para outros! Mais ou menos depressa, ninguém ficou para trás e julgo que houve apenas uma situação de queda, nada de muito grave.
Daqui, a caravana regressou normalmente pelo litoral, caminho da Nordela, Sta. Clara e então até às Portas do Mar, onde, surpresa das surpresas, tínhamos um lanche de recepção à nossa espera! Água, bolachas, pequenos bolos secos, tostas com marmelada e umas tartes apetitosas, a que muitos não resistiram, incluindo eu.
Comentavam em jeito de brincadeira, que a energia proveniente dos reforços alimentares à disposição era muito superior à desgastada no passeio!
De seguida procedeu-se à entrega de troféus e brindes, e ouviram-se algumas palavras do responsável máximo da PSP.
Para finalizar, gostaria de deixar aqui uma nota curiosa:
Depois de ter chegado ao local da concentração, quando estava com um grupo de amigos a trocar impressões sobre o passeio, aproxima-se de nós um senhor que se notava pertencer à PSP, mas que sinceramente não conhecia. Mostrou-se interessado em saber a nossa opinião sobre o evento e estava satisfeito pelas opiniões que tinha ouvido até então, por serem invariavelmente positivas. Para minha admiração soube depois, que este senhor era o Comandante Regional da PSP!