Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

05.11.14

Mulheres aos comandos


Rui Pereira

É um sinal positivo ver por aí cada vez mais mulheres aos comandos das suas bicicletas. Cruzo-me com elas com regularidade. Estando elas em deslocações quotidianas, na prática de exercício físico ou simplesmente em descontraídos passeios.
Não fico indiferente à postura calma e descontraída, mas confiante, da mulher vestida com a sua roupa do dia-a-dia, aos comandos de uma simples bicicleta citadina, com uma caixa plástica de fruta a servir de bagageira;
Não fico indiferente à postura assertiva e determinada, da mulher vestida com roupa técnica, que aos comandos da sua BTT específica (ou estrada), executa o seu treino do dia com uma cadência de pedalada viva e certa. Só, em casal ou em grupo;
Não fico indiferente à postura atenta e maternal, da mulher que rola calmamente com a sua bicicleta banal no encalço da família;
Não fico indiferente à imagem de coesão e amizade, das mulheres, que equipadas de igual e a rigor, se juntam alegremente para mais um passeio de bicicleta e são convívio.
São mulheres determinadas e sem complexos que, com mais ou menos espontaneidade, organizam-se, pegam nas suas bicicletas e saem para a rua. Quando tendo em conta as suas vidas, podiam arranjar mil e uma desculpas válidas, para se deixarem ficar nas suas zonas de conforto.
Cruzo-me com estas e com outras mulheres orgulhosamente aos comandos das suas bicicletas, várias vezes, algumas consecutivamente! E fico feliz por isso…