Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

28.01.20

Com vida!


Rui Pereira

Quando estou mais afastado daqui, penso que não haveria problema em deixar o blogue deserto de novidades um par de semanas ou por tempo indeterminado. Quando estou ainda mais afastado das tecnologias, da internet e das coisas virtuais.
Depois, abro o motor de busca e digito o nome do meu blogue, como se não fosse meu e, modéstia à parte, gosto do que vejo. Fico satisfeito por ter atingido o formato e o conteúdo que sempre quis. Por ter uma imagem e uma abordagem muito própria, de acordo com aquilo que acho realmente relevante, neste mundo dos pedais e não só. É o meu blogue!
Tenho a noção que não tem a fórmula mais apelativa. Um dia abri um blogue dedicado à música e escrevi meia dúzia de textos, destacando músicos e respetivos trabalhos com que me identificava. Com poucas semanas de existência, recebi contacto de uma banda para divulgação e uma proposta de parceria de uma empresa. Com este só aconteceu recentemente e já conta com vários anos. Seja como for, não é, nem nunca foi um objetivo. Fechei o tal blogue...
Para isso teria de falar e mostrar bicicletas topo de gama, marcas, componentes nobres absurdamente leves e caros, tecnologia e eletrónica, equipamentos ultrassofisticados e supostamente imprescindíveis, números e feitos, atletas e competição. Basicamente, sobre o que todo o mundo fala. Mas assim, já não seria o que gosto que seja, não seria sobre aquilo que realmente quero. Não seria o meu blogue. Não seria eu...
À falta de conteúdo, essencialmente próprio, que me faça sentido e seja relevante, prefiro que fique deserto. Sendo que o ideal passa por ir atrás de ideias, por estar atento e, de forma minimamente natural, encontrar um motivo num qualquer pormenor. A diferença pode estar numa imagem, numa situação, numa conversa.
Gosto de o ver com vida, resumindo e concluindo. Com uma pedalada única e um som identificativo. Até porque a vida deste blogue acaba por ser um reflexo da minha própria vida. Com os seus altos e baixos!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.