Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

25.01.17

E com esta fui arrumado!


Rui Pereira

Como não será de estranhar, muitas das minhas conversas metem bicicletas pelo meio. Quando falo com pessoas minimamente entendidas, interessadas ou simplesmente curiosas, até dá gosto, mas existem outras para as quais tenho cada vez menos pedalada..., paciência, queria dizer. É uma clara perda de tempo e sou invariavelmente tomado por aquela sensação de estar a ser um grande parvo!
Mas por outro lado, é uma forma de ouvir tiradas únicas.
Certa vez, em que me era dirigido um discurso carregado de desculpas e preconceitos sobre andar de bicicleta, e enquanto pensava que pior do que tinha ouvido até então seria impossível, o meu interlocutor conclui com a espetacular frase - "Não gosto de me cansar!" 
Respondi-lhe com o meu profundo silêncio...
E com esta fui arrumado!


Desapega-te!
Olá petchenas e rapazins, tude bem?
Isse sai-me cada sainhas!
- Ême, nã quere andá de bcecléte porque fique com dôs no rabim e nas perninas!
Ême, nã quere andá de bcecléte porque fique com dôs nos bracins e nas mãzinhas!
Ême, nã quere andá de bcecléte porque fique munte cansadim e nã goste de me cansá!
Ême, nã quere andá de bcecléte porque fique chê de fraqueza!
- Ouh, pára aí... Já acabaste?
Entã desapega-te daqui pra foura!
Bêjes e abraces.
Zabela & Besuga: É uma espécie de rubrica do blogue, onde o Zabela (personagem fictícia que caricatura um homem simples da ilha de São Miguel, que se desloca para todo o lado com a sua bicicleta) escreve tal como fala, com um carregado sotaque micaelense, e a Besuga é exatamente a sua fiel e amada bicicleta, companheira crónica de inúmeras aventuras.

5 comentários

Comentar post