Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

26.02.20

Impopularidade


Rui Pereira

Sei-me impopular pela posição, atitude e preferências ciclisticas. Pelas reações ou ausência delas. Por me desviar demasiado daquilo que é suposto seguir. Por ter e andar em bicicletas pouco óbvias, algumas delas, nada consensuais. Pela indiferença à feroz busca da eficiência. Por não querer saber da competição. Por gostar de ser diferente. Por preferir a tradição à inovação. Por ver as bicicletas como mais do que um mero utensílio desportivo. Por achar que estas fazem parte da solução na melhoria da qualidade de vida nas cidades. Por saltar todos os dias para cima de uma em vez de continuar agarrado aos mesmos hábitos comodistas de sempre.
Sei-me impopular por ser repetitivo. Por estar a defender aquilo em que acredito. Por, por em prática aquilo que defendo. E se defendo repetitivamente aquilo em que acredito e ponho em prática aquilo que acredito e defendo, está tudo bem!
Mas sei-me impopular por escrever textos como este…

8 comentários

Comentar post