Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

19.02.20

“Dead Inside”


Rui Pereira

A cada novo tema apresentado uma agradável surpresa. Os açorianos Morbid Death estão imparáveis!
Peso, qualidade e inovação. Regularidade, rigor e equilíbrio, no lançamento dos temas.
Claro que sou um fã assumido e convicto desta banda de Metal (suspeito?), mas a idade é outra, tal como nível de exigência, e prefiro partir sempre com baixas expetativas.
Mesmo se as tivesse altas não teria ficado dececionado. Nem sequer apenas agradado.
- Ah, não é mau, mas o primeiro era melhor!
Não!
Pelo contrário. Já vamos no terceiro single e tenho sido constantemente surpreendido…
Quase que diria cada um é melhor do que o anterior!


"I feel Dead Inside
My scars want to hide
With shame, anger and despair
How would I survive?"


O Metal Açoriano está vivo!
O Metal Açoriano é poderoso!

Dos Açores para o Mundo com Morbid Death! \m/

06.02.20

Eu Ando de Bicicleta em São Miguel

Grupo [Facebook]


Rui Pereira

eadbesm.jpg


A minha primeira experiência de bicicleta na cidade aconteceu quando um dia o carro teve de ir à revisão. Foi tão significativa e senti-me tão realizado que neste mesmo dia criei um grupo no facebook - Eu Ando de Bicicleta em São Miguel.
Daqui a um mês faz oito anos. E é o principal motivo para me manter nesta rede social.
Já fui muito e pouco ativo, já deixei o grupo e respetiva plataforma, e entreguei a administração a outro colega, depois voltei e foi-me novamente entregue. Neste momento a administração é composta por 4 elementos, mas o funcionamento geral do grupo é essencialmente assegurado por mim e pelo meu colega Pedro Almeida, o mais recente administrador do grupo.
Dos 3254 membros contabilizados hoje devem participar cerca de 0,5%. A maioria das participações resumem-se a novidades de marcas e empresas, alguns anúncios de vendas (embora exista um grupo anexo para o efeito) e partilhas gerais e externas. Não era bem o que tinha em mente quando o criei, mas é o que temos.
Não digo que seja uma referência no meio, até por isso, mas já conta com alguma idade e dimensão, sendo um agregador de simpatizantes e utilizadores da bicicleta de São Miguel, dos Açores ou de outro lado qualquer. Mais do que ser açoriano ou micaelense, identificamo-nos porque andamos de bicicleta e gostamos muito delas.
Pelo menos quero acreditar que assim é.
Boas pedaladas a todos!

04.02.20

Bola, música e pancadaria!


Rui Pereira

O último fim de semana foi atípico. Desde logo não andei de bicicleta. E andei cinzento, cabisbaixo e pensativo. Com dúvidas, indefinições e desilusões. Com o tempo ventoso e chuvoso a condizer. E como se não bastasse, constipado.
Mas nem tudo foi mau. Longe das rodas e dos pedais, perto do sofá e da televisão. Aproveitei para ver o filme que queria – RAMBO: A Última Batalha – lá está, um "filme de gajo"!

Numa breve passagem pelo Youtube, dois novos e surpreendentes temas/vídeos. Completamente diferentes e de áreas opostas, mas igualmente bons e com o mesmo carimbo de origem: Açores!

Balada Brassado – "Eu Aboio Tudo"

Morbid Death – "Away"

Também gostei dos resultados desportivos. No meio da chuva, lá fomos, eu e o rapaz, ver a equipa dele (não convocado para o jogo) ganhar. E no decurso, saber que o clube [azul e branco] do seu coração não deixou margem para dúvidas.
Fim de semana sem bicicletas, mas com bola, música e pancadaria!

03.12.19

Mais um domingo, mais um passeio...

De BTT


Rui Pereira

fsrxc_ribeira.jpgSaí com a ideia de levá-la aonde nunca tinha ido. Pelo caminho, fui passando por locais velhos conhecidos.

FSRxc_calcada.jpg
Uma bela manhã domingo e a polivalência de uma bicicleta de todo-o-terreno, onde os pisos variaram entre asfalto, terra e calçada sem grandes constrangimentos.

FSRxc_caldeira.jpg
A água acabou por ser uma presença constante. Esta é quente e termal, das Caldeiras...

FSRxc_praia.jpgFaltou o registo da visita à cascata, o maior desafio do percurso, mas não faltou o do mar, do norte!