Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

09.09.20

Atenção peões e ciclistas

E pessoas que leem blogues


Rui Pereira

Eu ia dizer “pessoas que leem o meu blogue” mas achei pretensioso…
Pretensiosa foi também a referência aos “peões e ciclistas”, para fazer ligação entre imagem e texto, e ser engraçado…

globe_roll1_atencao.jpg


Constatei que a minha ligação a este blogue é uma coisa muito forte!
Preguiçoso, desmotivado e sem saber o que escrever, por uma razão qualquer abro o blogue e sinto-me culpado e parvo por não lhe dar a devida atenção. Estúpido, ao ponto de saber o bem que me faz escrever e publicar sobre aquilo que mais gosto, e não o fazer!
Em parte, a culpa também é da Gaffe. Esta caríssima amiga que lhe deu uma imagem que nunca mais acaba! Que me obriga a manter-lhe vivo, mesmo quando a minha vontade era virar-lhe as costas. A identificação gerou um compromisso. Obrigado!
O orgulho, modéstia à parte, de reler alguns dos meus textos e continuar a acreditar plenamente nas razões que tiveram na base da sua conceção.
A felicidade por ter pessoas que continuam a deixar uma palavra, uma reação, mesmo quando as publicações que surgem primam pela falta de regularidade.
Este blogue é um bocado de mim. É o que queria ser e fazer…
Este blogue sou eu!

07.01.20

Em 2019


Rui Pereira

Não sou muito de balanços nem resoluções. O ano velho já era e o novo é apenas mais um ano. O resto é calendário.
No entanto, o ano que passou ficou marcado por dois eventos importantes, no contexto, que gostaria de destacar. O primeiro - Nova imagem! - a meio do ano, o segundo - Nova “fixie”! - no fim.
A minha amiga Gaffe deu a este blogue a imagem que sempre quis, mesmo sem saber bem que imagem queria. Às vezes ainda me pergunto como, tal o nível de acerto e precisão, mas o facto é que conseguiu. Ficará marcado para sempre!
Uma nova bicicleta é sempre um evento relevante. A nova “fixie”, segmento de bicicletas pelo qual nutro um carinho especial, trouxe outro brilho a este dezembro marcado pelo mau tempo, pelas festas, pela família, pelos exageros e pelos habituais constrangimentos inerentes.

11.06.19

Nova imagem!


Rui Pereira

Eu disse que ela era uma artista. Ela disse que era um exagero. Eu retifiquei e disse que ela era meia artista. Ela fez uma curta, mas complexa teoria sobre metades e sugeriu ser artista de palmo e meio…

Confesso que, depois de ver alguns dos blogues por si intervencionados, gostava que o meu também fosse alvo de algo semelhante. Mas dificilmente lho pediria. Por vergonha. Para não lhe estar a ser inconveniente…

Talento na escrita e na imagem. Assertividade, imaginação, bom gosto e sentido estético…

Nunca gostei da Alice no País das Maravilhas... Até que Tim Burton fez a sua versão e fiquei rendido. Fã da Alice e do Chapeleiro… Com a Gaffe é a mesma coisa!

Obrigado.a_gaffe.jpg

01.02.19

A Gaffe de bicicleta


Rui Pereira

De vez em quando dizem-me que tenho jeito para escrever. Agradeço com um misto de orgulho e vergonha. Orgulho, porque gosto muito de escrever e gosto que reconheçam isso. Vergonha, porque o jeito é relativo e as limitações não. Por exemplo, nunca fui capaz de escrever nada como fez a Gaffe um dia destes. Não se trata de um texto sobre bicicletas, mas tão bem que as inclui e representa!

Saber escrever é como andar de bicicleta… nas avenidas!