Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bike Azores

As bicicletas são uma coisa séria que me fizeram regressar à idade da brincadeira e experimentar o verdadeiro sentido da palavra liberdade!

30.10.20

Tenho pena…


Rui Pereira

Tenho pena que certas coisas já não tenham a regularidade de outros tempos. Que certas pessoas já não marquem a mesma presença. Perderam-se opiniões e pontos de vista, suspendeu-se uma relação de amizade e simpatia, emperrou-se uma dinâmica que, a meu ver, era benéfica para todos. Tenho pena.
Isso, porque as coisas evoluíram naturalmente e surgiu uma interação curiosa, com quem menos esperava, admito. Se inicialmente estava certo de que não iria acontecer, nem faria falta, hoje já não penso exatamente da mesma maneira.
Um introvertido defensor convicto da interação cara-a-cara, ao invés da virtual, pode parecer um paradoxo. Mais ainda, quando tem muito mais facilidade em concretizar esta última e acredita conseguir viver relativamente bem sem nenhuma.
Ia escrever sobre bicicletas, mas comecei a divagar... O certo é que foram elas o móbil da interação que surgiu e que parte dela agora lamento ter deixado de existir.

janela.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.