Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bike Azores

A visão de um ciclista açoriano sobre as bicicletas e o ciclismo.

03.09.19

Trio


Rui Pereira

bike_trio.jpg


Chegam descontraídos. Pés a roçar pelo cimento ajudam a detê-las. Encostam-nas com as rodas na areia. A mais pequena aterra de salto. Fica como ficou. Serve, ou melhor, servem para tudo. Mesmo que a utilização vá para além da função e do tamanho, que num dos casos “grita” o seu limite. E a roda traseira destoa, mas roda. É o que interessa. Que ande, ou melhor, que andem minimamente que o resto vai de improviso…

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.